Quinua – CLÍNICA TRINUTRIX
Benefícios do Caqui e Receita Saudável
maio 26, 2014
Biscoito amanteigado sem glúten
junho 1, 2014

Esse pseudocereal, como é definido pela botânica, é um alimento isento de glúten e um parente distante do espinafre, pois essas plantas são bastante semelhantes.  Ela é um vegetal originado dos Andes e que começou a ser pesquisado no Brasil nos anos 90.

Ela é considerada um alimento extremamente nutritivo e seu conteúdo de nutrientes é superior ao de outros cereais. A quinua possui aminoácidos essenciais, carboidratos na forma de amido, fibras e alguns minerais dos quais se destacam o ferro, magnésio, zinco, potássio, vitaminas do complexo B (B1, B2 e B3), D e E.

Estudos têm mostrado que a quinua pode ser indicada no tratamento de algumas patologias como a anemia (onde apresenta uma quantidade de ferro de 5,2 mg/100g, quando comparada a outros cereais), problemas urinários e de fígado, desnutrição crônica (por apresentar alto valor biológico) e osteoporose (apresentado 107mg de cálcio a cada 100g). Atua na redução de danos gastrintestinais, na parte imunológica e auxilia na regulação dos níveis de colesterol.

Ela também apresenta uma quantidade de ácidos graxos essenciais em um nível superior aos demais cereais, onde aproximadamente 60% são de ômega 6 (linoleico) e ômega 3 (linolênico), que são gorduras importantes para o funcionamento do nosso organismo, assim como no auxílio da redução do colesterol total,  LDL e triglicérides.

O consumo desse grão é indicado especialmente para vegetarianos, diabéticos, grávidas, lactantes, idosos e praticantes de atividades físicas. A quinua contém uma quantidade elevada de lisina, quando comparada a outros grãos como a soja, o milho, o trigo e o leite, e, por isso, pode ser indicada para crianças e adolescentes em fase de crescimento. Ela também está relacionada ao sistema cognitivo, onde ajuda na inteligência, melhora dos reflexos e funções relacionadas com a memória e aprendizagem, pois possui uma boa fonte de triptofano, aminoácido que está ligado à produção de serotonina, que por sua vez é responsável pela modulação do humor, disposição e bem-estar.
.
Vegetarianos restritos (que não consomem carne, leite e derivados, onde são encontradas as maiores fontes proteicas), atletas (que necessitam de um maior consumo de aminoácidos), celíacos (que são intolerantes ao glúten – derivado do trigo) e populações carentes de países subdesenvolvidos, formam o grupo mais bem auxiliado pelas propriedades da Quinua.

Existem diversos tipos de grão de quinua, onde a branca, vermelha e preta são as mais consumidas no Brasil, mas pesquisas indicam que a quinua real branca é um dos tipos que apresenta uma composição mais completa quando comparadas as demais.

Open chat
Precisa de ajuda?