Cálcio – CLÍNICA TRINUTRIX
Saiba como preparar sanduíches nutritivos
outubro 26, 2015
Sardinha à escabeche
fevereiro 11, 2016

O cálcio é um nutriente essencial necessário em diversas funções biológicas. Estudos têm demonstrado a associação entre o baixo consumo de cálcio e doenças crônicas, entre elas osteoporose, câncer de colón, hipertensão arterial e obesidade. Entretanto, grande parte da população brasileira apresenta consumo de cálcio abaixo do recomendado.

É o mineral mais abundante no organismo humano e a sua grande maioria (99%) está localizada nos ossos e dentes, sendo responsável por 1% a 2% do peso corporal. O restante encontra-se distribuído por todas as células e participa ativamente em vários processos como, por exemplo, na contração muscular, na coagulação sanguínea, no equilíbrio com o fósforo, dentre outros

Alguns componentes da alimentação, como os fitatos, encontrados em cereais e sementes, os oxalatos (espinafre e nozes) e os taninos (chá), podem formar complexos insolúveis com o cálcio, reduzindo a sua absorção. Entretanto, esses componentes parecem afetar a absorção do cálcio apenas quando a dieta não é balanceada.

A recomendação diária de cálcio para um adulto é de 1000mg por dia. Algumas fontes de cálcio são desconhecidas e precisam ser introduzidas diariamente na nossa alimentação.  A sardinha assada (50 gr) tem 219mg de Ca, uma xícara de espinafre cozido (190gr) tem 213mg, em 100gr de brócolis refogado tem 114mg de Ca, um pote de iogurte(130gr) tem 130mg.

Referência Bibliográfica:

ESTEVES, Elizabethe Adriana; RODRIGUES, ChrystiellenAyana Aparecida; PAULINO, Érika Júnia. Ingestão dietética de cálcio e adiposidade em mulheres adultas. Rev. Nutr.,  Campinas ,  v. 23, n. 4, p. 543-552, ago.  2010

PEREIRA, A.P. Giselle, et al. Cálcio dietético – estratégias para otimizar o consumo. RevBrasReumatol. 2009; 49(2):164-80

Tabela Brasileira de Composição de Alimentos – TACO Versão II, 2a edição, 2006.

 

× Como posso te ajudar?